Lavaredo


sexta-feira, 28 de novembro de 2014

Qual o objectivo deste Blog? Para que foi construído?
(Continuação I)

FALANDO DE TRAIL.

GTSA Rio Ancora
Clica para aumentar
 Trail Running é uma das modalidades que mais ascensão tem tido nos últimos anos, o número de Atletas tem aumentado vertiginosamente (há 20 anos em cada prova de Montanha/Trail havia apenas 60/70 Atletas), as provas são já mais que muitas em Portugal e por esse Mundo fora!

O Trail Running é uma modalidade que para além da corrida tem uma especialidade própria. É desenvolvida normalmente em serras. Trilhos a maioria dos Km’s, estradões de terra, alguma estrada e mesmo em locais com ausência de qualquer referência anterior. É das modalidades desportivas mais duras que há. Nesse sentido, os Atletas têm que estar muito bem preparados físicamente e psicologicamente!

O início no Trail pode ser bastante duro e se não houver alguns cuidados (treinos e competições), pode ser mesmo traumático, afastando possíveis futuros praticantes (fala a experiência…) Sendo tu um iniciante no Trail, segue alguns conselhos para evitares lesões. As lesões são a pior causa da frustração dos nossos objectivos. Por vezes andamos 6,7,8 ou mais meses em preparação específica e quando menos esperamos temos que “encostar às boxes”. Terrível podes crer. Falo por experiência própria. (só um parêntesis: Talvez não seja a pessoa ideal para dar estes conselhos, mas como o velho ditado Português, “faz o que eu digo, não olhes para o que eu faço…

1 – COMEÇAR LENTO. Os treinos (e provas) de Trail Running, como já referi decorrem em terrenos muito irregulares e por vezes híper técnicos, com subidas e descidas de grande inclinação Aqueles que vêm da competição em estrada, terão que ter ainda mais cuidado, para não aplicarem ao Trail muitos dos “vícios” usados na estrada. Devem, a todo o custo, “esquecer” que alguma vez correram em estrada. Por muita capacidade aeróbica que possam ter, terão que a adaptar à montanha. Há Ultra Trail’s em que a competição se desenrola numa altitude média superior o 2.000 metros.

Os treinos, de uma maneira geral serão sempre diferentes. Terás que ter em atenção dos seguintes requisitos: Distância, nível cumulativo (soma das subidas e descidas) e tipo de terreno.

I GTSA. Subida da Pedra Alçada
Regra de Ouro, começa sempre com distâncias curtas (3 a 5 Km) e pouco desniveladas, para a tua “máquina” se ir habituando (músculos, tendões e articulações).

Numa fase mais adiantada, ( 15 dias depois) alonga a tua distância entre 7 a 10 km’s, e umas subidas entre 200 a 1000 metros. Um mês após o início, aumenta a distância (10% sobre a distância anterior, com intervalos de 3 dias) e subidas mais acentuadas.

Outra regra de ouro: Faz um aquecimento antes de iniciar qualquer evento e obrigatoriamente alongamentos no final.

Mais tarde num outro artigo falarei mais especificamente sobre a preparação para uma Ultra, tendo em conta a distância, tipo de piso e desnível.

Segue...

Quim Sampaio

Sem comentários:

Enviar um comentário