Geants


quarta-feira, 31 de dezembro de 2014

OS EXTREMOS ATRAEM-SE???

Clica para aumentar
Quis o destino que uma amiga de longa data (Lília Amorim) me contactasse para como profundo conhecedor destes montes e serras que envolvem o Município de Caminha, guiasse os meninos e as meninas da instituição em que presta serviço (Misericórdia de Caminha) pelos Montes de Sto. Antão, no Dia Nacional dos Monumentos e dos Sítios.

Claro que tratando-se das nossas crianças imediatamente me prontifiquei a colaborar. Foi um dia diferente, uma experiência única!

Para quem diariamente pisa aqueles montes sozinho, ver-se de repente rodeado por todas aquelas crianças cheias de alegria, com um sorriso do “outro Mundo” estampado naqueles rostinhos inocentes, como os adultos dizem, “ganhei o dia”!

Clica para aumentar
Quero através destes parágrafos agradecer às responsáveis dos meninos pelo acolhimento que me dedicaram, mas sobretudo a todos (e eram muitos) meninos e meninas que “levei até à Capelinha de Sto. Antão!

Sem menosprezo para nenhuma das crianças, quero salientar uma em especial. E falo dela porque quando me apercebi que estava meia cansadinha, subi-a para as minhas “cavalitas” percorrendo assim alguma distância do percurso. O pior foi quando a quis colocar no chão para fazer mais uma caminhadazinha, não foi muito colaborante, agarrou-se com quantas forças tinha ao meu cabelo, não querendo por isso perder a boleia..

Clica para aumentar
Refiro-me, como a foto demonstra, à Leonor!!! Beijinho Leonor!

Perante o relato acima, de facto os EXTREMOS ATRAEM-SE!!! Meninos e meninas dos 3 aos 6 anos que viram num “velho” de 68 anos um amigo e companheiro.
Parabéns a todos e obrigado.

Quim Sampaio – Ultra Trailer

terça-feira, 30 de dezembro de 2014

Entrevista ao JN




Joaquim Sampaio, o veterano
Joaquim Sampaio gosta de dizer que nunca foi sénior nesta vida de sapatilhas. O atletismo cruzou-se-lhe no destino aos 40 anos, já veterano, depois de uma vida parada que se sucedera à tropa que, por sua vez, tinha tirado o tapete ao ciclismo. Foi coisa de um ano até o ancorense se iniciar nos trilhos, ainda a palavra trail era desconhecida em Portugal. Foi campeão nacional de montanha. E foi somando quilómetros aos anos de vida. No ano passado, quase conseguia cumprir o sonho: fazer o Tor des Géants, nos Alpes italianos. Quase porque uma rotura travou-o aos 187 dos 332 km da prova. Descobriu que os homens choram. E prometeu voltar este ano. Joaquim tem um blogue com que está a tentar garantir o dinheiro para a inscrição. Tem um sonho a seguir a outro: terminar o Tor este ano e ser o rei dos da idade dele no ano em que fizer 70 anos. Sim, Joaquim está quase nos 68!
Foto de capa: João Pena Rebelo

domingo, 28 de dezembro de 2014

AS BENESSES DE UM BOM ACOMPANHAMENTO!

Preparação
Clica para aumentar
Quis a sorte ou o destino o ter encontrado a Dra. Fernanda Verde. Depois de lhe expor o projecto desportivo para o ano de 2015, tive de imediato uma surpresa, quando me anunciou como patrocínio, a responsabilidade de fazer de um “Atleta velho”, um “Velho Atleta”!


Pensei cá para os meus “botões” que não iria ser uma tarefa fácil, uma vez que a “tareia” que levei ao longo de 28 anos lutando evento a evento por um lugar no pódio, foi dura! Foi dura, mas reconfortante. Ganhei quase tudo que havia para ganhar.


Os "preguinhos" já estão no lugar...Clica para aumentar
28 Anos de corridas por essas estradas e montes de Portugal e estrangeiro (sendo 27 anos de montanha), fizeram “moça”. Por muito “férreos” que os nossos músculos, tendões e articulações sejam, é desgastante, sobretudo de, como já disse lutar sempre pelo pódio (1º lugar)….

Actuação da Ventosa
Clica para aumentar
Afinal, com as suas técnicas de Medicina Alternativa, utilizando algumas variantes tais como Acupunctura, Ventosoterapia para lesões, Quiromassagem, Martelo de 7 pontas ou 7 estrelas, etc., foi relativamente fácil! Obteve excelentes resultados, facilmente comprovados pelos dois 1ºs lugares obtidos nos dois ultra trail´s.

...E do Martelo de 7 pontas...
Clica para aumentar
Mas não para por aqui. Neste momento está a “preparar-me” para os dois próximos desafios: GTA (Gerês Trail Adventure), 280 Km e The North Face Ultra Trail em Lavaredo (119 Km). Ela quer e eu quero, ser Finisher destes dois grandes eventos, independentemente de classificações…


Claro que não está posta de parte (ainda tenho esperanças) a participação no Tor des Geants!


Por último os Adesivos Terapeutas (Taps)
Clica para aumentar
À Dra. e AMIGA Fernanda Verde, o meu MUITO OBRIGADO. Obrigado também pelas, suas “monumentais tareias” que me tiraram já 20 anos de cima…

Dra. Fernanda Verde e Quim Sampaio
Clica para aumentar
Companheiros que queiram fazer algo mais que umas “corridinhas”, que queiram ir mais além, consultem esta excelente profissional. Com a agenda superlotada, para os “Trailistas”, arranja sempre um buraquinho!





Quim Sampaio

(Ultra Trail)

sábado, 27 de dezembro de 2014

Daniel Araújo, Dist. Ind. da Herbalife, é parceiro nutricional de Joaquim Sampaio para 2015.


Formula 1
Clica para aumentar
Xtra-Cal
Clica para aumentar
O Foco desta parceria vem de encontro ás necessidades nutricionais do atleta bem como melhorar a performance desportiva, desempenho e excelência.

Vamos iniciar a parceria com a Formula 1 e Xtal-cal. Em breve o apoio nutricional vai partir para a linha Herbalife 24 com o Prolong e o Rebuild Endurance Esta parceria nutricional está adequada às necessidades do corpo deste atleta.
Quim Sampaio e Daniel Araujo
Clica para aumentar


sexta-feira, 26 de dezembro de 2014



A importância do pólen de abelha na alimentação humana!!!

Pela Dra. Fernanda Verde


Dra. Fernanda Verde
Clica para aumentar
Certamente que todos já ouviram falar deste produto, mas poucos são os que sabem o que é, como utilizar na alimentação e seus benefícios.

O pólen é feito por abelhas e serve de comida para abelhas jovens. É considerado um dos alimentos mais nutritivos da natureza, muito rico em proteínas, aminoácidos, vitaminas do complexo B e enzimas. Cada colher de chá contém mais de 2.5 bilhões de grãos de pólen de flores.

Porque é que deve consumir este super alimento?

Pólen de Abelha
Clica para aumentar
1- É óptimo para dar energia, tem uma quantidade de nutrientes que são suficientes para melhorar a disposição ao longo do dia. Os hidratos de carbono, as proteínas e vitaminas do complexo B contidas neste maravilhosos alimento aumentam o vigor e ajudam a dar um basta no cansaço.

2 - Tem muitos benefícios para a pele, funciona como anti-inflamatório ajudando a tratar irritações como eczemas e psoríase. Os aminoácidos e os outros nutrientes presentes, ajudam a proteger a pele e regenerar as células.

3 - Melhora muito o sistema respiratório, contém uma grande quantidade de componentes antioxidantes, agindo como anti-inflamtórios nos tecidos dos pulmões, prevenindo asma, entre outros problemas do mesmo campo.

4 - No tratamento de alergias o pólen ajuda a diminuir a quantidade de histaminas, combatendo diversos tipos de alergias. Alguns médicos nos EUA reportam a significativa diminuição de casos de alergias (como asma e rinite) quando utlizado suplementos via oral.

5 - Melhora a digestão, devido a presença das enzimas, os alimentos acabam por ser bem digeridos.

6 - No sistema imunitário é excelente para a flora intestinal que consequentemente ajuda na melhoria do sistema imunológico. Além disso contém propriedades antibióticas que vão combatendo vírus no nosso organismo, protegendo as células contra radicais livres.

7 - Ajuda a tratar vícios, muito usado holisticamente para o tratamento de dependentes químicos e até para diminuir desejos por comidas, diminuindo impulsos.

8 - No sistema cardiovascular, devido a grande quantidade antioxidantes o pólen acaba sendo óptimo tonificante para os capilares e vasos sanguíneos. Ajuda a prevenir o entupimento das artérias evitando os AVCs.

9 - Óptimo para a Próstata, os que sofrem de hiperplasia na próstata, este super alimento pode ajudar muito, diminui a inflamação e diminui a urgência ao urinar.

10 - na Infertilidade, ajuda a estimular e a restaurar os ovários. Para quem pensa em ficar grávida rápido, é um item que não pode faltar na lista.

Como consumir?

1 Colher de sopa cheia para adultos, juntamente com frutas ou em shakers pela manhã.

E crianças?

Crianças acima de 2 anos de idade, 1 colher de chá cheia com frutas ou batido em sucos.

Não deixem de introduzir este super alimento na vossa dieta diária!

Osteopata / acupuntora Fernanda verde
VENTOSATERAPIA PARA LESÕES 


Ventosoterapia
Pela Dra. Fernanda Verde
Clica para aumentar
O uso de ventosas no Oriente foi desenvolvido com base na acupunctura, a aplicação de ventosas foi originalmente, conhecida como Método Chifre. Os chifres dos animais eram aquecidos, criando-se um vácuo quando eram colocados sobre a pele. O propósito era tratar doenças e retirar o pus. No fim do período Neolítico, o desenvolvimento da agropecuária facilitou o desenvolvimento do Método Chifre (ventosa).

O que distingue estas habilidades primitivas dos chineses, das outras áreas do mundo, é a extensão do seu subsequente desenvolvimento, dentro da estrutura da tradicional fisiologia e patologia. O Método Chifre foi posteriormente substituído por outros métodos de sucção posteriormente desenvolvidos, em que se obtinha o efeito de ventosa utilizando-se cúpulas de bambu, metal e posteriormente vidro. A sucção é obtida actualmente, colocando-se uma substância cadente na ventosa antes de coloca-la sobre a pele, aquecendo-a com água quente, ou com o bombeamento do ar para fora desta uma vez posicionada na pele.

A ventosa segundo a MTC tem a propriedade de limpar o sangue das toxinas acumuladas no organismo produzida pelos alimentos e outras fontes poluentes. A estagnação do sangue estagnado, escuro e sujo, nos músculos das costas ou das articulações é considerado pelas Medicinas Orientais como um dos elementos causadores de doenças. A ventosa é usada para o alívio de dores musculares, melhorar o sistema circulatório e até mesmo, para redução de celulite e gordura localizada, lombalgias, dor abdominal, hipertensão arterial e muitas outras patologias.

Clica para aumentar
As ventosas podem ser utilizadas em associação com outras terapias reforçando a efectividade destas. Várias ventosas podem ser utilizadas para tratar desordens sobre uma área mais ampla, por exemplo, ao longo de um estiramento muscular ou dispostas em fileiras horizontais e verticais sobre um órgão doente tendo-se o cuidado de não se deixar as ventosas muito próximas umas das outras.

Massagem com Ventosa

Pode-se utilizar a ventosa para produzir o “efeito massagem” que consiste em mover as ventosas sobre superfícies grandes e lisas do corpo, tais como as costas e as coxas, nestes casos são utilizadas ventosas de boca média a grande, e em primeiro lugar deve-se lubrificar a zona do corpo que se vai massajar. Esta massagem tem o efeito de remover a pele ressacada pela abertura dos poros e pela transpiração. Mecanicamente, aumenta o fluxo da linfa, reduzindo o edema, mantém a flexibilidade dos músculos, retira as adesões e as fibroses e mobiliza o funcionamento dos órgãos, descongestiona os bloqueios de energia, activa a circulação e o funcionamento geral do corpo.

A aplicação de ventosas é contra-indicada para casos de febre-alta, convulsões ou cólicas, alergias na pele ou inflamações ulceradas, áreas onde o músculo é fino ou a pele não é plana por causa dos ângulos e depressões ósseas, no abdómen e região lombar em gestantes. Algumas outras considerações a ter no uso das ventosas é que estas devem ser deixadas no local somente até haver congestão local (geralmente 5 a 15 minutos).

A aplicação das ventosas deixa frequentemente uma marca púrpura na pele aonde esta foi sugada, isto é normal e vai desaparecer sem tratamento especial. Se a marca for muito profunda, as ventosas não devem ser colocadas de novo nesse local enquanto subsistir a marca.
Clica para aumentar

Uma das melhores técnicas da Medicina Tradicional Chinesa!

Experimentem!






Fernanda verde
Acupuntora

quarta-feira, 24 de dezembro de 2014

O nevoeiro e Sentido de orientação

Serra d'Arga com nevoeiro
Clica para aumentar
Estas dicas são dirigidas em geral a todas as pessoas que frequentam as montanhas mas em especial aos companheiros de Trail Running.

Certamente que já se depararam com situações de muito nevoeiro, em competição e ou treinos.
Em competição, normalmente o percurso está balizado, por isso estamos confiantes. Mas em treino, normalmente não há marcações.

E há percursos que podem ser mistos: Estrada ou estradão, trilhos ou em plena Natureza sem qualquer trilho.
Aqui a “coisa” com nevoeiro, pode ficar muito complicada, tornando-se até muito perigosa. Perigosa porque poderás ter dificuldade em reencontrar o caminho de volta (se não tiveres um dispositivo que te ajude), e se o vento e frio for uma realidade, a hipotermia e consequente morte poderá ser uma triste realidade.


Serra d'Arga com nevoeiro
Clica para aumentar
Há Serras em Portugal que são mais propícias a grandes 
concentrações e com muita frequência a grandes volumes de nevoeiro e simultaneamente muito opaco. Entre essas Serras, destaco aqui o meu Santuário de treino, a Serra de Arga!

Esta Serra fica com muita frequência e repentinamente envolta em forte camada de nevoeiro. Quem não conhecer perfeitamente o terreno que “pisa”, pode ficar deveras em perigo. Tem escarpas muito acentuadas e de grande profundidade, tornando-se por isso praticamente fatais.
Dir-me-ão: Mas eu não me encosto a essas escarpas. Acontece que já lá encontrei visibilidade inferior a 2 metros. E uma visibilidade desta ordem de grandeza, pode não permitir o desvio atempadamente do precipício.

Perante uma situação destas, devemos imediatamente voltar para trás pelo mesmo percurso. Na falta de GPS presente, terão que ter em atenção o seguinte:
SEMPRE que iniciarem a subida, devem (terão mesmo) que verificar a direcção do vento e se a direcção é constante. Terão SEMPRE que monitorizar essa direcção e em curvas acentuadas memorizar de que lado sentem o vento.


Serra d'Arga com nevoeiro
Clica para aumentar
Em caso de desorientação e falta de equipamento, essa constante monitorização permito-nos inversamente regressar a um local (com maior ou menor dificuldade), já fora do nevoeiro, podendo a partir daí chegar ao ponto de partida em segurança.

Há relatos de pessoas perdidas nesta Serra durante várias horas (muitas), tendo-lhes valido os agasalhos apropriados que felizmente levavam para resistirem ao frio, até que as equipas de resgate os encontrassem e os trouxessem de volta sãos e salvos. Foram, como disse várias pessoas.
Não facilitem, são as vossas vidas que estão em jogo!!!!!!!

Quim Sampaio-Ultra Trail

sábado, 20 de dezembro de 2014



Stevia a planta que serve de adoçante natural!
Substituto do açúcar!

Dra. Fernanda Verde
Medicina Natural/Fitness
Além de ser um adoçante natural, é considerada como hipoglicémica, hipotensiva, diurética, cardiotónica e tónica. As folhas são utilizadas em casos de diabetes, de obesidade, de cárie dentária, de hipertensão, de fadiga, de depressão, de dependência do açúcar e de infeções.

No Japão e no Brasil a Stevia é aprovada como complemento alimentar e substituto de açúcar. Há quase 20 anos, milhões de consumidores japoneses e brasileiros utilizam a Stevia como um adoçante natural.

A China é o maior produtor de Stevia do mundo, enquanto o Japão e a Coreia são actualmente os maiores mercados de extractos de Stevia.

A Stevia tem poucas calorias e é saudável para os dentes,também é usada a nível exterior para manter a pele e os cabelos em bom estado e com um bom aspeto. Na América do Sul é usada tradicionalmente como medicamento para curar feridas, e para além disso contra eczemas, acne, psoríase e outros problemas de pele.

A Stevia é uma grande ajuda para quem sofre de obesidade, uma vez que uma porção de 100 miligramas contém menos de meia caloria e para além disso atenua a necessidade de petiscar, assim como o desejo de comidas com gorduras.

A Stevia é um adoçante saudável para diabéticos e sem efeitos secundários, no Brasil é reconhecida oficialmente como um medicamento recomendado para os diabéticos.

A Stevia é também uma grande ajuda em problemas dentários e, na América do Sul, é utilizada tradicionalmente como remédio contra o sangramento e inflamações das gengivas, cáries e tártaro. O conteúdo elevado em vitamina C e em clorofila reduzem o crescimento indesejado de bactérias na boca.

Os japoneses, os maiores consumidores de Stevia a nível mundial, utilizam a Stevia em pastas dentífricas, remédios contra o sangramento das gengivas e para as dores de garganta e pastilhas elásticas medicinais.

Dentro de poucos anos, espera-se que a Stevia venha a ser utilizada como uma planta medicinal em toda a Europa.

Benefícios da Stevia para a Saúde?

Os alimentos adoçados com Stevia podem ser uma forma eficaz de reduzir calorias sem comprometer o sabor doce que os consumidores apreciam.

É uma boa opção para pessoas com diabetes.

Estudos demonstraram que pode aumentar a sensibilidade da insulina e ter efeitos benéficos nos níveis de insulina e glicose no sangue.

Não prejudica os dentes e pode ajudar a evitar cáries já que inibe de forma significativa o desenvolvimento de placas.

Novas pesquisas mostram possíveis benefícios da Stevia no tratamento da obesidade.

Pode ser encontrada em centenas de produtos alimentares em todo o mundo, incluindo chás, refrigerantes, sumos, iogurtes, leite de soja, produtos assados, cereais, molhos para saladas, doces e como adoçante para bolos.

Os índios guaranis utilizavam a Stevia como um anticoncepcional.

É muito importante lembrar que seu uso por diabéticos deve ter sempre um acompanhamento médico. 

Deixe de vez o açúcar e introduza a Stevia como adoçante Natural!!! Felizmente já encontramos hoje em dia nos nossos estabelecimentos comerciais.

Osteopata/ acupuntora Fernanda Verde

domingo, 14 de dezembro de 2014

TOR des GEANTS 2015



Clica para aumentar
Desde a 1ª edição que ansiava participar neste grande evento. Em 2011, um amigo participou e descreveu em pormenor a sua participação! Fiquei maravilhado e prometi a mim mesmo que teria que ser um dos "Geants". A partir dessa altura, seria o grande sonho da minha vida!

Como é um evento que necessita de um esforço financeiro apreciável, não foi possível participar nos anos seguintes, até que surgiu a oportunidade neste ano de 2014 estar presente.

O dia da partida chegou (5/09/2014), e lá fomos nós (eu e Pedro Igor) aqui de Vila Praia de Âncora. O dia 6, Sábado foi passado a fazer todos os preparativos para que nada falhasse no dia seguinte.

Chegou finalmente a partida de Courmayeur pelas 10h locais. Foi uma festa! Uma festa que continuou durante muitos Kms! Em todos os Refúgios, em todos os Suportes Base de Vida, em todas as povoações, era uma autentica festa quando os Atletas passavam, chegavam e partiam! Tudo decorria 
maravilhosamente.

Croumayeur
Clica para aumentar
Aos 155 Kms, depois de avaliar o meu estado físico e concluir que continuava a 100%, não acusava qualquer tipo de dor muscular, articulações ou tendões, o sistema cardiorrespiratório continuava também a 100%, depois de olhar para o relógio e verificar que tinha apenas consumido 54 horas das 150 que tinha, disse para mim mesmo, que iria antecipar a minha chegada a Courmayeur entre 10 a 15 horas. Continuei radiante, continuei a usufruir da festa fantástica, até que 30 Km mais à frente, numa descida muito técnica e perigosa devido à chuva que caiu ao fim da tarde do dia anterior, após uma escorregadela, aconteceu a distensão muscular com rotura. E foi de tal ordem intensa e dolorosa a dor que senti, que os 2 km que me separavam do Refúgio seguinte, demoraram cerca de 2 horas a percorrer.

No refúgio, quando procurei os técnicos de saúde para massajarem e ligarem-me a cocha, avaliaram a situação e decidiram retirar-me do evento. Foi um choque! Um choque terrível, uma desilusão, uma frustração da qual ainda hoje não me consegui recompor, Foram 9 meses de preparação exaustiva e consciente, e em 2 segundos lá se foi todo o trabalho!

O SONHO TERMINOU ÀS 07H15 DO DIA 10 DE SETEMBRO DE 2014, ao fim de 186,960Km e 59 horas de corrida,

Mas neste momento digo que o SONHO NÃO ACABOU, FICOU APENAS ADIADO!

Tudo farei para conseguir angariar os apoios monetários suficientes (1800€) para em 2015 estar na linha de partida deste que é o melhor, o mais difícil, o mais apetecível, o mais duro Ultra Trail do MUNDO!. E desta vez para percorrer os 332,530 Km e ser Finisher!!!


Quim Sampaio


Donnas. Suporte Base de Vida
Clica para aumentar



Tor des Geants
Clica para aumentar



Tor des Geants. Entrevista para a TV
Clica para aumentar

sábado, 13 de dezembro de 2014

QUIROMASSAGEM E SEUS BENEFÍCIOS!!! 

Pela Dra. Fernanda Verde


O termo ’kiro’ é uma palavra grega, que significa mão e massagem, significa terapia do amassamento.
A quiromassagem é uma técnica específica para eliminar ou diminuir as dores musculares, sejam do tipo tensional, de bloqueio enérgico ou de falta de tonificação…
Além disso, é um complemento bastante eficaz combinado com outro tipo de terapias.




Existem diversos métodos:

massagem desportiva,
relaxante,
estimulante,
terapêutica…

Esta técnica baseia-se em fricções, pressões, percussões ou alongamentos, dependendo do problema a tratar e da metodologia utilizada.

Estas técnicas são acompanhadas pela utilização de cremes, óleos ou essências, para melhorar a manipulação e melhorar o rendimento da quiromassagem.

Os benefícios são múltiplos:

A massagem activa a circulação em velocidade, actua sobre as veias e produz uma acção de desimpedimento ou de esvaziamento das paredes venosas.
A nível muscular a massagem faz com que desenvolvam a sua força e capacidade de movimento, produzindo um aumento significativo da circulação venosa e linfática no seu interior, facilitando e aumentando o metabolismo muscular.

Clica para aumentar
Na pele aumenta a temperatura de 2 a 3ºC, que beneficia as pessoas que padecem de problemas circulatórios, neurovegetativos, etc.

A quiromassagem a nível abdominal é óptima para estimular a função produtora de hemoglobina no sangue em caso de anemia. A quiromassagem terapêutica é realizada apenas e exclusivamente com as mãos, excluindo todo e qualquer tipo de aparelho e tem por objectivo os tratamentos de:

Clica para aumentar
Reabilitação
Contacções musculares
Entorses
Artroses
Distensões musculares
Lombalgias
Problemas de articulações
Dores lombares
Sistema nervoso
Acelaração do metabolismo, diminuindo os depósitos de gordura
Relaxamento do corpo
Dissolve contracturas musculares
Alívio da mente e revitalização
Estimula o sistema circulatório
Defeitos posturais
A quiromassagem aliada à acupuntura à Osteopatia e à kinesioterapia são o sucesso no tratamento de qualquer tipo de lesão!

Espero que aproveitem bem esta dica!

Osteopata/acupuntora
Fernanda verde

sexta-feira, 12 de dezembro de 2014


Pela Dra. Fernanda Verde


A ventosaterapia pode ser utilizada para tratar diversos problemas de saúde e também celulites e estrias Muito utilizada hoje em dia como uma técnica para tratar celulites e estrias, a ventosaterapia, surgiu há milhares de anos e foi desenvolvida pelos chineses.

Os primeiros objetos utilizados para a realização do processo terapêutico, eram cabaças.

Tratava-se de um método de cura para inúmeras doenças como, pressão alta, dores musculares, acúmulo de pus, e diversos tipos de doenças, mas, atualmente esta técnica vem sendo utilizada também, para fins estéticos, como por exemplo a redução de volume.

VENTOSATERAPIA PARA TRATAR CELULITES

A ventosaterapia aplicada no tratamento para eliminar as celulites vem fazendo sucesso e alcançando bons resultados.


Ventosoterapia
Clica para aumentar
O processo inicia-se através da utilização de campânulas de vidro ou, pequenos copos que actuam como ventosas.
Estas campânulas utilizam o calor para ativar a sucção da pele. Em casos patológicos este método pode promover a sucção de sangue, alcançando até as camadas mais profundas da pele, mas quando utilizado para fins estéticos a sua atuação é bem mais suave.

Os copos de vidro ou campânulas deslizam sobre o corpo do cliente e massageiam a pele. O objetivo desta ação massageadora, é ofertar mais oxigênio às células, melhorar a circulação sanguínea, acelerar o metabolismo e auxiliar a função linfática a eliminar as toxinas aliviando as celulites.

VENTOSATERAPIA PARA TRATAR ESTRIAS

No tratamento das estrias, a ventosaterpia poderá atuar de forma a promover a sangria na região afetada. O objetivo é aumentar o volume sanguíneo e líquido na região e favorecer a elasticidade da pele.
Este procedimento também estimula o colágeno e regenera as células atenuando o aspecto das estrias brancas. As estrias brancas são mais difíceis de tratar, pois são mais antigas, por isso o tratamento indicado atinge camadas mais profundas da pele. A sensação é de dor suportável no local da aplicação, e as sessões variam conforme a necessidade da cliente.

CONTRAINDICAÇÕES DA VENTOSATERAPIA

A ventosaterpia é contraindicada em casos de insuficiência cardíaca, hipertensão do fogo, febre alta, cólica, e doenças de pele como, psoríase, dermatite e micose. A pessoa deverá evitar as ventosas caso tenha sofrido hematomas recentes, tenha diagnóstico de osteoporose. OBS: As ventosas devem permanecer na pele por até 15 minutos para evitar complicações.


Ventosoterapia
Clica para aumentar
CONCLUSÃO Como pudemos observar, o tratamento com ventosaterapia para tratar celulites e estrias é muito eficiente, além de ser fácil encontrar hoje em dia profissionais que tenham especialização nesta técnica. Antes de contratar qualquer profissional, é importante saber qual sua especialização e se possui experiência com a ventosaterapia com objetivos estéticos para garantir que o tratamento funciona.


Acupuntora/ Osteopata

Fernanda verde

quinta-feira, 11 de dezembro de 2014

MARTELO DE SETE PONTAS, ou  7 ESTRELAS
Uma das técnicas da Medicina Tradicional Chinesa

Pela Dra. Fernanda Verde


Martelo 7 pontas
clica para aumentar
O MARTELO DE SETE PONTAS citado na literatura especializada, frequentemente, na terapêutica pediátrica tem se mostrado, no entanto, um recurso indispensável nas patologias músculo-esqueléticas, destinando-se a um número crescente de condutas terapêuticas, quando se utiliza a acupuntura. O tratamento de tendinites, lesão em panturrilha, entorse de tornozelo, quadro álgico crônico pós-reconstrução do menisco, perda de sensibilidade dérmica por compressão ou trauma, fase inicial de síndrome do túnel do carpo, lesão traumática interna da coxa comprometendo o músculo psoas ilíaco, estiramento muscular, dor em articulação escapulo-umeral, são algumas das patologias que o MARTELO DE SETE PONTAS no local da lesão, associado à acupuntura, sistemicamente, pode abreviar o processo de cura.


Martelo 7 pontas
clica para aumentar
O MARTELO DE SETE PONTAS não é usado sobre um único ponto, ao contrário ele estimula uma área mais extensa, permitindo maior fluxo de WEI QI ( Qi defensivo) e XUE (sangue) na região, favorecendo a circulação sanguínea e linfática, ajudando a drenar humidade e permitindo que células mortas e substâncias oxidadas e outras impurezas produzidas pelo metabolismo e armazenados na área comprometida sejam fagocitadas por macrófagos e fagócitos. Com o aumento local da irrigação sanguínea uma maior quantidade de hemácias vai chegar à região, aumentando a oxigenação do tecido e agilizando a sua recuperação. Em acção no gémeo de um paciente


Martelo 7 pontas
clica para aumentar
O MARTELO DE SETE PONTAS é utilizado batendo-se levemente na área a tratar, com estímulos que variam de 5 a 10 minutos, respeitando-se a sensibilidade do paciente ou suspendendo o estímulo com o aparecimento de hiperemia. Várias agulhas atingindo a pele simultaneamente causam menos dor e estimulam uma área de superfície mais ampla do que uma única agulha. Antes de proceder o estímulo a área a ser tratada deve ser limpa com álcool 70 % e a ponta do martelo deve ser exclusivamente individual. Consulte terapeutas formados na Medicina Tradicional Chinesa e com experiência na técnica.

Acupuntura / Osteopata
Fernanda verde

quarta-feira, 10 de dezembro de 2014

O atleta vassoura

Roberto Laranjeira, Vassoura no UTSL...
Clica para aumentar
Para os que se estão a iniciar nas corridas de trilhos ou mesmo os que já praticam, mas nunca pensaram muito nisto, partilho uma reflexão sobre a importância do atleta vassoura. Porque não é só «varrer»...
À semelhança do que acontece nas corridas de ciclismo, onde existe um carro-vassoura para apoio aos últimos atletas e assinalar o fecho da prova, também no trail existe o atleta vassoura. A função desse atleta é seguir na última posição e «varrer» a prova, certificando-se que nenhum atleta em prova ficou para trás.

Regra geral, esse atleta é voluntário e desempenha um papel importante na organização de uma prova, porque a sua função não se esgota no varrer.
O «vassoura» vai dando indicações à organização do decurso da prova, já que a sua passagem determina o fim da prova e permite a desmobilização das equipas de apoio, seja dos abastecimentos, dos cortes de estrada, do socorrismo ou da segurança. 

Outra função diz respeito aos controles de tempo. Em muitas provas existem barreiras temporais que devem ser atingidas; para imprimir velocidade à corrida, por questões de segurança  ou para prevenir o prolongamento indefinido da prova; afinal o trail é uma corrida que se pode fazer a caminhar, não é uma caminhada. Ao não se atingirem os tempos predeterminados pela organização, os atletas são barrados e não podem prosseguir em prova. O atleta vassoura tenta circular pela prova dentro dos tempos limites e vai transmitindo essa informação aos atletas mais recuados, evitando a sua desclassificação. São, grosso modo, como os atletas dos balões de tempo nas maratonas, só que no limite da prova.


Roberto Laranjeira, Vassoura no UTSL...
Clica para aumentar
Por último e não menos importante, o «vassoura» vela pela segurança dos participantes. Se o atleta vassoura tiver conhecimentos básicos de socorrismo ou de suporte básico de vida, sempre poderá ajudar algum atleta em dificuldades até à chegada das equipas de socorro. Outro aspecto a ter em conta é a verificação da existência de atletas extraviados do percurso. Isto é muito difícil, porque os participantes podem afastar-se do trilho marcado, por desorientação ou alívio da fisiologia e regressar a ele após a passagem do atleta vassoura. Por isso é importante que este verifique o percurso realizado, controlando a periferia do trilho e olhando para trás e à distância, prevenindo o extravio ou a circulação mais atrasada de atletas.
Roberto Laranjeira
Arqueologo

domingo, 30 de novembro de 2014

Qual o objectivo deste Blog? Para que foi construído?

Foto de 2002 daquela que era considerada a "mais difícil
Maratona do Mundo"! Serra de Guadarrama
Este é um blog colaborativo de e para os amantes do Trail.

E é colaborativo porque pretendo ir passando aos poucos para todos vocês algum dos conhecimentos que fui adquirindo ao longo de 28 anos de Corridas de Estrada e Montanha. Corridas de Estrada e Montanha Nacionais e Internacionais. Pretendo também arranjar patrocínios para aos 67 anos continuar a adquirir mais e mais conhecimentos participando em Ultras, partilhando-os a todos vocês!

Foto de 2002 daquela que era considerada a "mais difícil
Maratona do Mundo"! Serra de Guadarrama
Para 2015, tenho programado 3 Ultra Trail’s para Portugal (Sta. Luzia, Paleozoico e Peneda-Geres-Trail- Adventure) e dois para Itália. 26 de Junho, Lavaredo Montes Dolomitas nos Alpes 119 Km.  13 de Setembro, Tor des Geants. 330 Km, nos Alpes.

Claro que paralelamente a isto, outras actividades haverá onde a minha presença será um
facto.
Periodicamente e com intervalos curtos, postarei de uma maneira ordenada os vários itens que partilharei com vocês.

Segue...
Quim Sampaio


sábado, 29 de novembro de 2014

TRAIL RUNNER



CORRIDA EM TRILHOS DE MONTANHA, NORMALMENTE EM NATUREZA


Tor des Geants. Trilho com corda
Clica para aumentar
Um nome recente em Portugal, uma modalidade há já longos anos praticada por estas paragens.

 Em Portugal, a 1ª prova de montanha digna desse nome teve lugar a 6 de Março de 1983 com a realização dos 12 Kms Manteigas - Penhas Douradas, acompanhada a breve trecho pela realização de outras provas do género um pouco por todo o país. Provas como a Corrida do Monge - Serra de Sintra (1ª edição em 1984), 17 Kms Porto de Mós – Serra d’Aire, Subida do Vale da Bouça ou Escalada ao Cerro de São Miguel – Moncarapacho, datam da década de 80 e tornaram-se clássicas do género a par de outras.

Em meados da década de 90 deu-se o decisivo passo para a implantação das provas de montanha no nosso país com a criação do DESAFIO 95 – Troféu de Corrida de Montanha, 1º circuito competitivo dedicado em exclusivo às provas de montanha em Portugal e que reuniu na ocasião 9 provas, de Março a Outubro desse ano. Ganhei dois desses trofeus (1997 e 2003).

Deste conjunto de 9 provas, faziam parte algumas já clássicas: Os míticos 12Km Manteigas/P.Douradas, Corrida do Monge – Serra de Sintra. A par dessas, “nasceram” o Cross da Serra do Açôr (20Km), os 17km de Pedorido, a subida ao Caramulinho (serra do Caramulo), a corrida de Montejunto, Portinho da Arrábida ao cimo da mesma Serra, o contra-relógio da Serra de Sintra e a mítica TransEstrela (51 Km’s ), na Nossa Serra mais alta do continente.

Mais tarde, quando o desafio já ia nas 18 provas anuais, (1999) Os Montes de Sto. Antão em Vila Praia de Âncora fizeram parte desse Desafio.

A partir de 97, começaram a surgir como cogumelos, corridas de Montanha, sendo muito complicado arranjar-se uma data para uma nova prova.
Torre/Piódão, 2003
Clica para aumentar

Um amigo da montanha de longa data, Sálvio Nora, faleceu em 9 de Maio de 2006.

Um amigo comum, José Moutinho, resolveu realizar uma prova anual. Falou essa intenção comigo e com o Sálvio Nora. Como o “Santuário” de treino de Sálvio eram a Serra d’Arga e a Serra da Freita, O Zé optou pela Serra da Freita.

Entretanto, o Sálvio adoeceu gravemente e no espaço de um mês faleceu. O Zé Moutinho imediatamente transformou a prova que havia pensado em homenagem a Sálvio Nora, tendo nascido aí o Ultra Trail da Serra da Freita/Sálvio Nora (50Km).

O nome Trail nasceu há já muitos anos na América do Norte, tendo mais tarde chegado à Europa. Em Portugal chegou pelas “mãos” do Zé Moutinho, em 2006, sendo a Serra da Freita a contemplada!

Em 2010, os Amigos da Montanha organizaram, Com Carlos Sá na organização, o seu 1º Ultra Trail.

 Em 2011, com a formação da Desnível Positivo - Associação Luso Galaica, o Carlos Sá organiza o seu 1º GTSA.

A partir dessa altura, é o que se vê! Tal como aconteceu com as corridas de Montanha a partir de determinada data, está a acontecer com o Trail, um aumento vertiginoso de novos Trail’s e Ultra Trail’s. 

Em face do exposto, o autor destas linhas, já faz Ultra Trail desde 1995 (1ª TransEstrela)!!!

Guadarrama 2001
Clica para aumentar

Guadarrama 2002
Clica para aumentar

Guadarrama 2002
Clica para aumentar

Quim Sampaio