Geants


sexta-feira, 4 de dezembro de 2015

PGTA – Peneda Gerês Trail Adventure – 2017

PGTA – Peneda Gerês Trail Adventure – 2017

A convite do grande campeão Carlos Sá, tive a honra de ser o responsável da limpeza dos trilhos e levar a bom termo o(os) ultimo(os) Atletas até à meta, tarefa essa conhecida como o “Vassoura” e neste caso “Vassoura Internacional”…. Umas vezes acompanhado, outras sozinho, a tarefa foi excelente. Não só levei a “bom porto” a calda do pelotão, como evitei que alguns Atletas tenham desistido, não é assim Teffany? Não é assim Marcos? Não é assim Fernanda?


Clica para aumentar
Foi uma semana sensacional. A partir do primeiro dia, formou-se uma autentica família. Havia Atletas já conhecidos de edições anteriores e de outros eventos, mas muitos deles vimos pela primeira vez. Apesar de haver 22 nacionalidades, a língua nunca foi problema. Quando a voz “não dá”, fala-se com as mãos…

1ª Etapa (noturna). Comecei por acompanhar uma Atleta Americana durante algum tempo, mas ela “pirou-se” e fiquei até final com um grupinho (8 Atletas) Brasileiro.


Clica para aumentar
2ª Etapa, Arcos/Arcos. Tive a companhia da colega de equipa (D+) Gi Pereira (42 km) e da Sílvia (16 km). A Atleta que durante 8 km me fez companhia foi Anne Marie, Atleta Francesa. Aos 8 km “entreguei-a à Sílvia e fui atrás da Gi que acompanhava o último dos 42 km. Apanhei-a já perto das Portas do Mesio, onde tinha “ficado” o Peh. Tentei convencê-lo a acompanhar-nos mas não foi na “treta”… ficou pelo Mesio. Entretanto continuando a correr e levantar as marcações, conseguimos apanhar os outros dois Atletas de Singapura, Tiffany e Yoaming Tan que iam com a intenção de ficar no último abastecimento. Consegui demovê-los (envergonhando-os) … e foram a correr até à meta.


Clica para aumentar
3ª Etapa, Sistelo/Melgaço. Tive a companhia do Paulo Morais que acompanhou a Anne Marie até à Branda da Aveleira (aqui ficou o Paulo e a Anne Marie) e eu segui com a Anne Langstaff até Parada do Monte. Daqui até Melgaço segui sozinho, não encontrando ninguém pelo caminho…

4ª Etapa, Peneda/Lindoso. Até ao 1º abastecimento segui sozinho, acompanhando primeiro a Anne Langstaff e depois mais um grupinho de Brasileiros. A partir do 1º abastecimento tive já a companhia da Daya até ao Suajo, e depois um outro Atleta que esqueci o nome… até ao Lindoso.


Clica para aumentar
5ª Etapa, Pitões das Júnias/Montalegre. Agradável companhia da Daya e Paulo Morais até ao 1º Abastecimento (Covelães). Em nossa companhia seguia o casal Brasileiro Bilkis Cardoso e Giuliana Zanatta que ia passando mal dos intestinos.
Acabou por ficar em Travassos do Rio. Depois de a meter num transporte para Montalegre, voltei ao trilho seguindo até Cambeses do Rio, onde tive a companhia do Bruno, filho do Carlos Sá, até Montalegre.


Clica para aumentar
6 Etapa, Ponte de Misarela/Gerês. Até ao Gerês tive a agradável companhia da Olga Martins e os dois fomos “acompanhados” pelo Marcos Paulo, que a exemplo da Giuliana, também ia passando bastante mal. Mas levámo-lo até ao Gerês…

7ª Etapa, Gerês/Gerês. Foi a etapa mais calma e mais agradável pois tive a companhia de 3 senhoras… Olga, Sílvia e a Atleta Fernanda Esteves, esta com o problema da Giuliana e Marcos. As duas “Vassouras” tiveram a “árdua” tarefa de levantarem todas as marcações. Eu apenas acompanhei a Fernanda, porque ela não estava mesmo bem… Tarefa bem-sucedida, chegou a bom porto.


Clica para aumentar
Tive oportunidade de falar com muitos Atletas sobre os dias que passamos juntos. Foram unânimes em catalogar este evento como o melhor que até então tinham feito. Organização sem falhas, trilhos espetaculares, marcações impecáveis, paisagens lindíssimas, abastecimentos suficientes e com qualidade, dormidas do melhor, refeições espetaculares, enfim os que não conheciam ficaram fãs prometendo estarem presentes em 2018, os que já conheciam reforçaram a opinião positiva que já tinham e se tudo correr bem voltarão. Talvez seja um pouco suspeito para comentar este grande evento, mas é o que penso. E o que penso é que é o maior acontecimento de Trail a nível Nacional, podendo ombrear com o que de melhor se faça lá fora.




Clica para aumentar



Clica para aumentar


Clica para aumentar





Clica para aumentar

Clica para aumentar

Clica para aumentar




Clica para aumentar



Clica para aumentar


Clica para aumentar


Venha depressa Maio de 2018

Quim Sampaio - Ultratrailer

2 comentários:

  1. O atleta esquecido sou eu (Tiago). Um prazer ter acompanhado na etapa até Lindoso. Um grande abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tiago Costa! Desculpa só depois de colocares aqui o comentário é que me lembrei... Abraço e obrigado

      Eliminar